Na última terça-feira(02/03) tive o privilégio de falar sobre a utilização do Azure Functions com .NET 5 no canal JunDevelopers. O foco da apresentação foi explicar sobre Serverless, Azure Functions, exemplos de códigos e melhores práticas e configurações do Azure Functions no portal Azure.

Meu muito obrigado à Fernando Mendes pelo convite, é sempre um prazer poder contribuir com a comunidade.

O projeto apresentado no exemplo você confere aqui:
https://github.com/hgmauri/sample-azure-functions


Logs, seja lá qual for o seu cargo ou posição na empresa, você precisa de logs para entender sua aplicação, para tomada de decisão do seu negócio, seus custos e performance. É nisso que o monitoramento do .NET Core te ajudará, na transparência e “saúde” das suas aplicações.

Neste artigo vou direto ao ponto, que é exibir exemplos e melhores configurações utilizando o Health Check, Serilog e utilização de ferramentas para o monitoramento e coleta de informações das suas aplicações.

Health Check e Health Check UI

Health Check é um middleware que fornece um endpoint que retorna o status da aplicação. A aplicação é considerada saudável…


Na última terça-feira(28/07) tive a grande oportunidade de falar sobre segurança de APIs em .NET Core 3.1 e Azure no canal OWASP Vitória.

O foco da apresentação foi incentivar o desenvolvimento seguro utilizando packages específicos para análise de vulnerabilidades e melhores configurações do Azure Application Gateway.

Agradeço imensamente ao canal OWASP Vitória pelo convite e deixo aqui o link para quem quiser acompanhar mais sobre assuntos de segurança:


A cada nova versão do .NET Core é possível ver que o time Microsoft e a comunidade colaboram muito no que diz respeito à otimizações e melhorias de performance. Neste artigo vou listar algumas dicas e configurações para turbinar ainda mais suas aplicações.

.NET é uma fantástica plataforma de desenvolvimento que nunca deixa de evoluir, tanto que a próxima versão (.NET 5), de acordo com o artigo do link abaixo, chegará bem mais performático e com melhorias significativas.

Enquanto essa versão não chega, vamos às dicas de performance no .NET Core 3.1:

1 - Mantenha os packages do nuget atualizados

Manter os packages da sua solução atualizados é…


Na última segunda-feira(06/07) tive a grande oportunidade de falar sobre a implementação do Elasticsearch com .NET Core 3.1 no canal do Ramon Durães. O foco da apresentação foi no desenvolvimento de queries utilizando o nuget package NEST, dicas de utilização do Serilog, criação de gráficos no Kibana e configurações de índices.

Meu muito obrigado à Ramon Durães pelo convite e muito obrigado também à Giancarlo Battochio e Alvaro Valle pela participação e contribuição na live.

O projeto apresentado no exemplo você confere aqui: https://github.com/hgmauri/elasticsearch-with-nest


Manter-se atualizado em tecnologia é muito importante na carreira de desenvolvedor. Soluções de problemas, novas formas de desenvolvimento, padrões, testes, código limpo, novas ferramentas… todo esse conhecimento é necessário e te destaca no mercado de trabalho.

Neste artigo vou compartilhar alguns sites e redes sociais que sigo para absorver conteúdo e atualizações do .NET Core, Azure e arquitetura de software.

Para quem não conhece, o .NET Core é uma estrutura de desenvolvimento de código aberto e de uso geral para a criação de aplicações multiplataforma, sendo totalmente produtiva de se trabalhar.

Blogs em Inglês


Um bom desenvolvedor não é aquele que pensa apenas em tecnologias, padrões, escalabilidade, etc, mas é aquele que também pensa nos custos, que se coloca no lugar do dono, que se preocupa com o investimento e com a fatura que chega todo mês.

Neste artigo vou listar algumas dicas de economia, melhores configurações e pontos de atenção no que diz respeito a redução de custos no Azure.

Sempre achei o Azure uma plataforma fantástica, tudo que uma empresa precisa ele oferece de forma segura e com um design muito simples e fácil de gerenciar, mas as vezes a escolha de…


Na última segunda-feira(08/06) tive a honra de participar de uma live com meu amigo Fernando Mendes em um bate-papo bem legal sobre Elastic Stack e a utilização do NEST no .NET Core 3

Agradeço imensamente pelo convite da comunidade JunDevelopers e podem sempre contar comigo em compartilhar conhecimento.

O projeto apresentado no exemplo você confere aqui: https://github.com/hgmauri/elasticsearch-with-nest


No primeiro artigo dessa saga falamos um pouco sobre a criação de uma conta no Elastic Cloud e configuração da solução de exemplo no .NET Core 3.1, neste artigo abordaremos a instalação e configuração das imagens docker do Elasticsearch e Kibana. Esses dois em conjunto com o Logstash e Beats são conhecidos como BELK Stack.

O Elastic Stack possui quatro componentes principais:

  • Elasticsearch: Mecanismo de pesquisa RESTful distribuído que armazena todos os dados coletados.
  • Logstash: Componente de processamento de dados do Elastic Stack que recebe, transforma e envia dados para o Elasticsearch.
  • Kibana: Interface web para pesquisa, criação e visualização…


Elastisearch é sem dúvida uma ótima escolha para se implementar em ambientes distribuídos, podendo ser utilizado como base apenas para consultas, conforme a abordagem do CQS(separação de comandos e queries). Ele atende perfeitamente em cenários de pesquisa full-text, geração de relatórios, logs, dados analíticos, entre outros. Sendo totalmente escalável, seguro e com preço muito em conta (caso seja usado como SaaS), tudo isso consultado via API RESTFul e incrivelmente rápido.

https://aws.amazon.com/pt/elasticsearch-service/

Para facilitar ainda mais o desenvolvimento de consultas e manutenção dos dados no Elasticsearch, utilizaremos o package NEST, criado pela Elasticsearch.Net, …

Henrique Mauri

Arquiteto de Software | Microsoft MCT | MTAC | MCSD | .NET Core | Azure | ElasticSearch

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store